Constanza Pascolato

"A ourivesaria de Bruno Latini, com a qual me encantei, é a de um arquiteto. Mas a inspiração é a de um escultor. Algumas de suas jóias são micro panoramas, com suas histórias com ritmo e poesia. Assim como a arquitetura é uma escultura habitada, as jóias de Bruno Latini habitam corpo e coração de quem as veste."

Constanza Pascolato

"Conhecer Constanza Pascolato pessoalmente foi algo que nunca poderei me esquecer. Nosso encontro começou de maneira simples: em uma edição passada do Fashion Rio, uma assessora de imprensa que trabalhava comigo levou meu portfólio para Constanza. No entanto, ela acabou olhando apenas a primeira folha e saiu para fazer algo - o que me deixou bastante angustiado.

Passado algum tempo, fui a uma inauguração de uma loja na qual ela assinava uma coleção de roupas. Como era de se esperar, ela também estava na
inauguração.

Estava eu acompanhado da minha esposa Gabi Latini, que usava o Brinco África e o Anel Multifaces. Constanza, ao conversar com minha esposa, muito educadamente, perguntou quem havia produzido as peças que Gabi usava naquele momento. Ao informar que fui eu, ela disse que já conhecia bastante meu trabalho.

Logo depois, uma amiga de minha esposa chegou no mesmo momento em que Constanza estava conversando com Gabi e, ao ser perguntada por Constanza sobre quem tinha produzido os brincos que ela usava, essa amiga citou o meu nome. Sem pestanejar, Constanza falou: “Quero ir para a loja de vocês agora!” Assim, fomos minha esposa, eu e ela andando até uma loja que ainda tenho na região de Icaraí.

No instante que ela viu a loja, ela sentou e começou a ver peça por peça. Começou a perceber a variedade da minha criação que possui elementos que transitam desde o mais humorado, bem minimalista até o trabalho contemporâneo, abstrato. Ela me disse “Eles têm alma. Posso reconhecer sua identidade em cada parte.”

Constanza observava tudo com seus
 olhos de lince e em certo momento vendo todas as peças, ela encheu os olhos de lágrimas e percebi que havia relembrado memórias pessoais; um colar de lápis lázaro, pedra da cor azul carbono, a relembrou do pai. Ela virou e disse: “Meu filho, conheço o mundo todo. Sou amiga pessoal da família Cartier. Nunca vi tanta alma e diversidade quanto eu vejo no seu trabalho.”

Fiquei tonto e não soube onde enfiar minha cabeça. A Admiro profundamente e levo suas observações comigo como se fosse uma consagração pessoal.

Ela ficou três horas dentro da loja esquecendo completamente de que deveria estar em sua inauguração.  Ela levou quatro peças e resistindo, aceitou duas peças – as quais teve maior lembrança afetiva. Foram um Colar Felicidade com Lápis Lazuli  e um Anel Caveira. Posso dizer com certeza que descobrimos
 uma afinidade entre nós, nosso sangue italiano falou mais alto. "

- Bruno Latini

 

SOBRE CONSTANZA

Costanza Maria Teresa Ida Clotilde Giuseppina Pallavicini Pascolato (Siena, 19 de setembro de 1939), mais conhecida como Costanza Pascolato, é uma empresária e consultora de moda. Integrante da Academia Brasileira de Moda. É um dos nomes mais influentes e respeitados do universo da moda.

Uma de suas frases conhecidas é: “Respeite sua essência, seja você mesma, é o jeito mais inteligente de construir seu estilo, sua maneira de viver e de se vestir. E você vai ver: estilo é fundamental para a autoestima."