mATEUS SOLANO

Em certo dia, no meio da semana, um telefone toca dentro de uma joalheria da marca Bruno Latini. A gerente da loja rapidamente atendeu, se identificando e perguntando no que poderia ser útil. Assim, ouviu um pedido inusitado: quem ligava era um rapaz, que se dizia cliente, pedindo um encontro entre ele e o artista Bruno.
 

Quem ligava naquele dia era, como todos iriam descobrir tempos depois, era o ator Mateus Solano. O rapaz conheceu o trabalho de Bruno após ver algumas peças assinadas pelo artista sendo utilizadas pela atriz e sua esposa Paula Brum em um editorial de moda e depois, outras peças assinadas usadas por uma amiga da esposa. 


Ao ligar pela segunda vez e pedir o nome completo com o intuito de realizar um cadastro, a gerente reconheceu o ator. Mateus, sendo bem simpático, foi junto com a esposa no sábado da mesma semana e Bruno os esperava pessoalmente na loja.


Encantado com a arquitetura do estabelecimento, Mateus analisou peça por peça, nos mínimos detalhes, e passou cerca de cinco horas dentro da loja. Adquiriu algumas delas e pediu para tirar foto com as vendedoras. Tempos depois, ele voltou a visitar uma de nossas unidades, em Icaraí, mas nunca mais tive contato pessoalmente com ele.

 

“Lembro-me de termos ficados tão a vontade que parecia já nos ter conhecido a bastante tempo. Ele demonstrou possuir grande cultura artística.”, disse Bruno.

SOBRE MATEUS


"Mateus Solano Schenker Carneiro da Cunha (Brasília, 20 de março de 1981) é um ator brasileiro.
 

Mateus tornou-se conhecido ao interpretar Ronado Boscoli, na minissérie Maysa, de 2009, os gêmeos idênticos Miguel e Jorge, em Viver a Vida em 2009, o político Mundinho Falcão no remake de Gabriela, em 2012, o antagonista Félix Khoury, em Amor à  Vida, de 2013, Zé Bonitinho no remake da série Escolinha do Professor Raimundo em 2015 e o vilão Rubião em Liberdade Liberdade, novela das 23h de 2016."

NEWSLETTER BRUNO LATINI