DANIEL LIBESKIND

"Daniel foi um dos clientes que mais me deu orgulho em conquistar, já que foi o olhar dele, como gênio da arquitetura, que se encantou com meu trabalho – o que para mim é uma grande honra.

Em uma exposição de minhas jóias no BistroMAC, dentro do Museu de Arte Contemporânea (MAC), minha esposa Gabi o atendeu e percebeu que duas pessoas o acompanhavam ajudando-o na tradução do meu folheto e de outras coisas. Ele parecia exótico, com uma roupa totalmente preta e os cabelos louros envelhecidos arrepiados.

 

Enquanto Daniel analisava as peças, a mulher que estava com ele perguntava a Gabi sobre elas. Ele parou por vários minutos em cada expositor. Daniel, um tempo depois, afirmou que estava interessado em algumas daquelas jóias. Curiosa com a figura, minha esposa, perguntou quem era ele pois não havia o reconhecido ainda e ouviu prontamente a resposta: esse é o Daniel Libeskind - que estava anônimo no Brasil para conhecer pessoalmente as obras de Oscar Niemeyer. Então, ela ligou rapidamente para mim e me disse quem estava na exposição vendo minhas peças e por um momento eu não acreditei. Mais surpreso e honrado ainda fiquei ao saber que ele havia separado quatorze peças!

 

Ele escolheu as peças que gostou para sim mesmo, sua mulher e esposa, perguntou quem era o artista das jóias e pediu para que fossem entregues no hotel em que ele estava hospedado, na cidade do Rio de Janeiro. O motoboy foi acompanhado por um segurança e levou, junto às jóias, uma carta de próprio punho assinada por mim, grifando minha admiração pelo artista e a honra que era ele adquirir meu trabalho.

Não tivemos nenhum contato posterior e ele continuou a viagem pelo Brasil, passando pelos monumentos de Niemeyer. Este dia ficou eternizado em minhas lembranças."

- Bruno Latini

SOBRE DANIEL


"Daniel Libeskind, nascido a 12 de Maio de 1946 em Lódź, Polónia, filho de sobreviventes do Holocausto, é um arquiteto que se naturalizou americano em 1965. É um aluno da classe de 1965 (1965 alumnus) do Bronx High School of Science. Vive desde 1989 em Berlim, com a mulher Nina e seus três filhos. A sua arquitetura usa uma linguagem de ângulos imponentes, geometrias que se intersectam, fragmentos, vazios e linhas picadas de uma forma exuberante. Foi o arquiteto de diversos museus e galerias, incluindo o Museu Judaico de Berlim, o Museu Felix Nussbaum em Osnabrück, o Imperial War Museum North em Manchester.

Desenvolveu o projeto do One World Trade Center (antes conhecido como Freedom Tower), a torre central do novo complexo World Trade Center, que se encontra em construção no Ground Zero."